Reunião sobre Tradução Automática: Um Ano Depois

Há pouco mais de um ano, no dia 21 de março de 2021, a ATAV organizou uma reunião online para discutir a introdução de tradução automática (TA) no ramo da legendagem. A reunião foi dedicada a fazer um ponto de situação quanto à aplicação de TA por parte de empresas internacionais, tendo sido motivada sobretudo após a empresa Iyuno Media ter decidido avançar com a introdução de TA nos seus projetos realizados para português de Portugal, após ter feito o mesmo com outras línguas, europeias e não só.

Esta reunião teve como objetivo não só fazer esse ponto de situação como também alertar para o que estas alterações podem vir a fazer ao trabalho do tradutor de legendagem e as possíveis consequências do abuso da tradução automática. No fim, muitos tradutores mostraram-se inclinados a não aceitar uma diminuição de preços no que toca a trabalho feito através de TA e houve quem se opusesse a treinar a própria máquina gratuitamente.

Desde esta reunião que a ATAV se tem mantido atenta a desenvolvimentos nesta questão, sobretudo na situação da empresa Iyuno, pois sabemos as consequências que houve em outros países após estas medidas serem implementadas. Houve colegas que nos disseram que recusaram baixar o preço e continuaram a receber trabalho; porém, alguns deixaram de receber projetos da empresa. A Iyuno, ao longo deste tempo, publicou várias ofertas de trabalho no ProZ, procurando tradutores para legendagem de português de Portugal. Tal levou-nos a crer que muitos tradutores se tinham oposto a alterações nos preços praticados, levando a empresa a procurar profissionais que aceitassem preços inferiores ao de tradutores que já trabalhavam com eles.

A mais recente informação que recebemos sobre a Iyuno partiu de um contacto que nos chegou em maio, indicando que a empresa, que continua à procura de novos tradutores para a sua base de dados, está a sugerir um preço escandalosamente baixo para uma empresa internacional, inclusive abaixo da média praticada pelas empresas nacionais de TAV. Além disso, a empresa indicou que esse preço era praticado por outros profissionais, uma indicação que, após falarmos com alguns colegas, acreditamos ter razão para ser posta em causa.

Perante esta notícia preocupante, a ATAV decidiu marcar uma nova reunião para fazer o ponto de situação desta questão e discutir possíveis medidas que poderão ser tomadas. A reunião seguirá os mesmos moldes que a anterior, sendo a prioridade criar um espaço seguro e anónimo que permita aos presentes poderem partilhar a sua experiência de forma a percebermos a realidade de cada um.

A data escolhida para esta reunião foi dia 5 de junho, às 11 horas. Incentivamos todos os tradutores atuais e passados da Iyuno a juntar-se, bem como todos aqueles interessados em vir a trabalhar com a empresa.

Para garantir que se tratará de um espaço seguro, irá ser necessária a inscrição na reunião. Contudo, durante a mesma, todos os nomes serão alterados de forma a garantir o anonimato dos presentes, tal como foi feito anteriormente. A ligação para a inscrição encontra-se aqui.

Mais tarde iremos divulgar mais informação sobre a realização da reunião.


Encontrou erros neste artigo? Fale connosco.

Deixe uma resposta